Brotas é destaque da economia verde

Paisagem de pousada em Brotas

Paisagem de pousada em Brotas

Hoje em dia, a preservação do meio ambiente e o turismo sustentável é uma preocupação no mundo inteiro. E Brotas, sendo considerada a capital paulista do turismo de aventura do Brasil mais uma vez se destacou por sua preocupação com o meio ambiente. Em um censo realizado pela ONU com 16 cidades, Brotas mais uma vez saiu na frente. Esta pesquisa, foi realizada entre uma empresa privada e as prefeituras. A pesquisa aponta 71 ações ambientais praticadas em Brotas. Os dados foram apresentados na Conferência Mundial Sobre o Meio Ambiente, a Rio+20.

Segundo o coordenador da pesquisa Martin Mauro “Os resultados de Brotas foram muito bons, foram os melhores do Brasil até agora.

Nós fizemos isso em 16 municípios no interior de SP e Brotas mostrou ser uma cidade que já está preparada para a economia verde” garante.
Em entrevista, a secretária municipal do meio ambiente em Brotas Alisângela Spigolon, se mostrou otimista com os resultados: “Parece muito complicado, mas é simples. Poder separar o lixo em casa e não deixar a torneira pingando são iniciativas fundamentais para o projeto da economia verde.”

Um exemplo disto, é a Pousada Tirolesa. Possui placas de aquecimento solar em seus telhados. As cadeiras, e o piso são de madeira de demolição. O proprietário afirma: “Pequenas atitudes do dia a dia de economia de sabão, de economia de água, tudo isso vai fazer com que no futuro a gente tenha um meio ambiente mais saudável”, explica Fernando Turci. Ele também aposta na compostagem: todo o resto de comida vira adubo.

Na lavanderia que antes usava duas caixas de sabão por dia para lavar a roupa, hoje utiliza apenas meia caixa. E as funcionárias, já levam a lição pra casa. A auxiliar de serviços gerais Lucélia dos Santos Pacheco afirma: “Colocando pouquinho o sabão vai fazer o mesmo efeito, não precisa fazer aquele monte de espuma”

Além disso, a ecopousada também atrai hospedes e visitantes preocupados com o meio ambiente e o turismo sustentável.

Fonte: Portal de notícias G1